Uma convergência chamada realidade!

Por Vini Ferreira

#FulanoDiTal #16Anos #FOMTEATRO #Teatro #ÓperaDoMalandro #Despedida #ArtesCênicas #Convergência #Realidade #Cultura

Personagens de "Ópera do Malandro" prontos para apresentações finais do espetáculo.

Semana passada (de 03 a 07/06) realizamos em algumas Escolas Públicas de Campo Grande, 5 apresentações do espetáculo do nosso repertório, “Ópera do Malandro”, texto brilhante de Chico Buarque. Essas apresentações faziam parte de uma contrapartida do projeto FOMTEATRO/2017 do qual fomos contemplados, promovido pela Prefeitura Municipal através da SECTUR – Secretaria Municipal de Cultura e Turismo.

Poderíamos ter encarado como uma "obrigação"!

Mas talvez não teríamos tido uma experiência tão rica, importante e principalmente necessária para nós do Fulano como forma de fortalecimento e mais ainda, de amadurecimento enquanto grupo, artistas e transformadores sociais através da arte. Mas não poderíamos e nem deveríamos acreditar que o retorno positivo desta ação seria apenas para nós mesmos.

EM Prof. Vanderlei Rosa de Oliveira

Então, com certeza, a gratificação maior foi poder ver e sentir na pele a resposta imediata de todos aqueles que estavam ali vivenciando aquele momento, antes, durante e após as apresentações.

Alunos e Diretora da EE Maestro Frederico Liebermann

Desde a chegada e montagem do cenário, a curiosidade era despertada, alguma coisa diferente ia acontecer ali aquela noite e muitos estavam mobilizados, atentos e em todas as Escolas, nos recebendo com muito carinho, atenção, cuidado e zelo: guardas, funcionários, professores, diretores, coordenadores e quem mais estivesse por ali, estavam contentes porque ia ter teatro na escola aquela noite.

"Uma recepção calorosa e sincera. "

Durante o espetáculo, a tensão, a curiosidade e os olhares desconfiados estavam estampados e nítidos em cada rosto e nos comentários ao pé do ouvido e nos risos contidos e abafados. Mas não demorou muito e o riso frouxo e as interações e reações foram sendo menos tímidas e mais descontraídas.


Cena de "Ópera do Malandro"

Em uma escola, mesmo na hora da merenda, muitos pegaram seus pratos e voltaram para continuar acompanhando a história até o fim. Foi uma semana um pouco mais fria e ainda assim, eles ficaram lá, firmes e atentos em suas cadeiras nos pátios onde o vento frio as vezes não dava trégua.


Cena de "Ópera do Malandro"

Quando finalmente encerrávamos, ao darmos as mãos, inclinarmos nossos troncos e agradecermos, sentíamos o alívio de mais uma missão cumprida e apesar do desgaste físico de um dia longo de trabalho, uma noite toda de preparação e pouco mais de 1 hora de espetáculo, o brilho nos olhos, os abraços calorosos e as palavras contentes de agradecimento faziam com que, por alguns instantes, todo cansaço e desgaste ficasse pra trás e o pensamento de "ah que sorte a minha de estar aqui esta noite, com este grupo, levando arte pra tanta gente" era o que prevalecia.

EM Consulesa Margarida Maksoud Trad


"Encaramos como um desafio grande."

Uma maratona de 5 noites seguidas, em 4 escolas diferentes, para mais de 400 alunos, montando e desmontando estrutura, preparando figurino e maquiagem, tudo isso uma semana antes de dar início a nossa 6ª Mostra, e com certeza fez muito mais sentido tendo como tema da mostra deste ano a Convergência: o que caminha para o mesmo ponto ou objetivo.

EM Consulesa Margarida Maksoud Trad

Semana passada convergimos para um ponto chamado realidade. Uma sociedade sem cultura está fadada à ignorância, a marginalização, à violência e ao abandono e acredito que uma das nossas missões, enquanto transformadores sociais através da arte, é levar cultura através do nosso trabalho para que mais pessoas tenham acesso e a chance de ver uma peça de teatro, de viver e adotar cada vez mais esse hábito e assim conseguir ir desenvolvendo um senso crítico mais consciente tanto da sociedade em que vive quanto do seu papel e representatividade dentro dela, não esquecendo dos seus deveres enquanto cidadão, mas também do seu direito de cobrar àqueles que são responsáveis, por uma sociedade mais justa e de mais oportunidades.

Bate-papo na aula de artes com alunos da EM Consulesa Margarida Maksoud Trad

Quem sabe fazemos apenas um "trabalho de formiguinha", mas se encontrarmos e focarmos mais nos pontos em comum do que nas diferenças, talvez consigamos convergir juntos em um mundo muito, muito melhor.


Cena Final de "Ópera do Malandro"



6 ª Mostra Fulano di Tal de Teatro

Última Temporada de "Ópera do Malandro"!

Do dia 13 ao dia 16 de Junho, sempre às 20h, no Teatral Grupo de Risco (Rua José Antônio, 2170 - Centro)

Entrada Gratuita.



0 visualização